Loading...

segunda-feira, 19 de abril de 2010

SE FIZERMOS AS COISAS CONFORME A LEI, PODEREMOS SER SALVOS?



< Lucas 10:25-30 >
“E eis que certo homem, intérprete da Lei, se levantou com o intuito de pôr Jesus à prova e disse-lhe: ‘Mestre, que farei para herdar a vida eterna?’ Então, Jesus lhe perguntou: ‘Que está escrito na Lei? Como interpretas?’ A isto ele respondeu: ‘Amarás, o Senhor, teu Deus, de todo o coração, de toda a tua alma, de toda as tuas forças e de todo o teu entendimento;’ e: ‘Amarás o teu próximo como a ti mesmo.’ Então, Jesus lhe disse: ‘Respondeste corretamente; faze isto e viverás.’ Ele, porém, querendo justificar-se, perguntou a Jesus: ‘Quem é o meu próximo?’ Jesus prosseguiu, dizendo: ‘Certo homem descia de Jerusalém para Jericó e veio a cair em mãos de salteadores, os quais, depois de tudo lhe roubarem e lhe causarem muitos ferimentos, retiraram-se, deixando-o semi-morto.’”



Qual é o maior problema
do homem?
Viver com muitas idéias
erradas.



Lucas 10:28 — “Faze isto e viverás.” Muitos vivem i1udidos e são vulneráveis. Eles até parecem inteligentes, mas são facilmente enganados e permanecem ignorantes quanto ao seu lado perverso. Nascemos sem nos conhecer a nós mesmos, mas vivemos como se nos conhecêssemos. Como as pessoas não conhecem a si mesmas, a Bíblia nos diz que somos pecadores.

As pessoas falam sobre a existência de seus próprios pecados; parece que, ocasionalmente, são incapazes de praticar o bem, mas são inclinados a considerarem-se como pessoas boas. Querem gabar-se de suas boas obras e exibirem no meio de todos. Dizem que são pecadoras mas agem como se fossem muito boas.

Sabem que não há nelas o bem nem a capacidade de praticá-lo, mas tentam enganar os outros e, às vezes a elas mesmas. “Que é isso! Não podemos ser tão maus assim. Deve haver algum bem dentro de nós.”

Então, olham para os outros e dizem a si mesmos: “Droga! Eu quisera que ele não tivesse feito isso... Teria sido melhor para ele se não o tivesse feito... Ele teria tido mais sucesso se falasse assim ... É melhor pregar o Evangelho dessa e dessa maneira... Ele foi liberto antes do que eu, por isso penso que deveria agir mais como alguém que foi salvo há mais tempo ... Eu recebi a salvação recentemente, mas se eu aprender mais, poderia fazer melhor do que ele...”

Essas pessoas estão enfiando suas facas em seus corações. “Apenas espere. Você verá que não sou como você. Você pensa que está na minha frente agora, não é mesmo? Espere e verá. Está escrito na Bíblia que os últimos serão os primeiros e eu sei que isso se aplica a mim. Espere e eu lhe mostrarei.” As pessoas enganam-se a si mesmas.

Apesar de que, se estivesse no lugar delas, agiria da mesma forma, tal pessoa está julgando os outros. Quanto aos pregadores, quando estão no púlpito, repentinamente, percebem que estão gaguejando descontrolado e tornam-se conscientes da sua roupagem. Eles deveriam olhar somente para Deus, sem se importar com o que as pessoas pensam a seu respeito. Caso contrário, não serão capazes de pregar.

Quando perguntamos às pessoas se elas têm capacidade de fazer o bem, a maioria responde que não. Muitas, porém, têm a ilusão de que são aptas para tal e, por isso, tentam duramente até morrerem.

Pensam que têm bondade no coração ou capacidade de praticar o bem. Também pensam que são boas o bastante. Não importa há quanto tempo nasceram de novo, mesmo aquelas que atingiram grande progresso no serviço de Deus, pensam: ‘Eu posso fazer isso ou aquilo para o Senhor.’

Mas, se não contássemos com o Senhor na nossa vida, será que realmente poderíamos praticar o bem? Será que existe o bem no homem? Será que ele pode viver fazendo boas obras? O homem não tem a capacidade de fazer o bem. Não importa o quanto tenta por si só, ele estará apenas pecando.

Alguns colocam Jesus de lado depois que são salvos e tentam praticar o bem por si só. Em nós só existe maldade e podemos apenas praticar o mal. Por nós mesmos (até aqueles que já estão salvos), podemos apenas pecar. Esta é a realidade da nossa carne.



O que fazemos sempre
o bem ou o mal?
O mal.



Em nosso livro de cânticos, ‘Louvai ao Senhor,’ há uma canção assim: “Sem Jesus apenas tropeçamos. Somos tão descrêdos quanto um navio que atravessa o mar sem vela.” Sem Jesus, somos capaz apenas de pecar. Somos justos somente porque fomos salvos. Na realidade, somos perversos.

O Apóstolo Paulo disse: “Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero, esse faço.” Se um homem está com Jesus, não há problema. Mas quando ele não tem nada a ver com o Senhor, tenta praticar o bem diante de Deus. Todavia, quanto mais tenta, mais se encontra praticando o mal.

Até o rei Davi tinha a mesma natureza. Quando seu país gozava de paz e prosperidade, ele passeava e via vitrinas das lojas. Aí, ele viu uma pintura sedutora e caiu no prazer sensual. Como ele era quando esqueceu-se do Senhor? Ele era verdadeiramente maligno. Ele matou Urias e tomou a esposa dele, mas não conseguiu ver o rnal em si mesmo. Ele criou desculpas pela sua ações.

Então, um dia, o profeta Natã veio a ele e disse: “Havia numa cidade dois homens, um rico e outro pobre. Tinha o rico ovelhas e gado em grande número; mas o pobre não tinha coisa nenhuma, senão uma cordeirinha. Vindo um viajante ao homem rico, não quis este tomar das suas ovelhas e do gado para dar de comer ao viajante que viera a ele; mas tomou a cordeirinha do homem pobre e a preparou para o homem que lhe havia chegado.”

Davi disse: “O homem que fez isso deve ser morto.” Sua raiva foi tão grande que disse: “Ele tem tantos bens que podia tomar certamente um de seus animais. Mas ele tomou a cordeirinha do homem pobre e a preparou para o seu visitante. Ele deve ser morto!” E Natã disse a Davi: “Tu és este homem.” Se não seguirmos Jesus e andarmos com Ele, mesmos aqueles que nasceram de novo podem agir como Davi.

Isto pode acontecer com todos os homens, até com os fiéis. Sem Jesus sempre tropeçamos e praticamos o mal. Portanto, somos agradecidos a Deus hoje, porque Jesus nos salvou sem se importar com o mal que reside em nós. “ Eu quero descansar na sombra da Cruz. ” Nossos corações descansam na sombra da redenção de Cristo. Mas se deixarmos a sombra e olharmos para nós mesmos, nunca poderemos descansar.

Nenhum comentário: